Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Exclusivo: Dez passos para inovar na farmácia

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Em 2021, as 26 redes varejistas ligadas à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) tiveram alta de 56,8% nas operações de delivery e e-commerce, totalizando R$ 2,8 bilhões.

O resultado confirma que a inovação, principalmente por meio da transformação digital, está caminhando e se mantendo em movimento no setor. Afinal, não é novidade que o shopper e a jornada de compras não são mais como eram antigamente. “A inovação pode ser incremental, que é quando há um acréscimo de melhorias em um determinado produto, processo ou modelo de negócios; ou radical, quando rompe os limites da inovação incremental, trazendo mais produtividade e uma nova trajetória tecnológica e de negócios”, explica o fundador, coordenador e professor do Núcleo de Varejo Retail Lab da ESPM e coordenador do último workshop do Farma Academy, da ESPM, desenvolvido em parceria com o Guia da Farmácia, Prof. Ricardo Pastore.

Então, confira dez dicas do Product Manager Farma da Bnex, Fernando Foster, para inovar, hoje mesmo, na sua farmácia:

1. Usar a criatividade: na farmácia, inovar significa buscar novas abordagens para melhorar a experiência dos clientes e impulsionar o sucesso do negócio. Isso pode envolver diversas iniciativas, como o desenvolvimento de serviços adicionais, como aconselhamento farmacêutico personalizado, monitoramento de saúde e testes rápidos.

2. Utilizar ferramentas digitais: a utilização de tecnologia, como soluções digitais e aplicativos móveis, pode aprimorar a eficiência dos processos e oferecer conveniência.

3. Fazer com que o cliente se sinta único: uma abordagem centrada no cliente, com programas de fidelidade personalizados e recomendações personalizadas, também é fundamental.

4. Encontrar parceiros: estabelecer parcerias estratégicas com profissionais da área, criar um ambiente atraente na loja e promover a educação em saúde são aspectos importantes para proporcionar uma experiência diferenciada.

Leia também: Como o mercado de saudabilidade está mudando o varejo farmacêutico

5. Implementar programas de fidelidade: uma vertente importante para inovar é criar programas de fidelidade para recompensar os clientes e incentivá-los a retornar à farmácia. Nesse sentido, vale oferecer descontos exclusivos, benefícios especiais e aproximar a comunicação para aumentar a lealdade dos clientes. A forma mais básica desse trabalho pode ser feita diretamente no Enterprise Resource Planning (ERP). Apenas é preciso ter cuidado para estar adequado à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

6. Utilizar dados e análises: realizar uma análise de dados dos clientes para entender melhor as preferências e necessidades é um passo importante. Com eles, é possível usar insights para personalizar ofertas, recomendar produtos relevantes e aprimorar a comunicação.

7. Investir no e-commerce e nas mídias sociais: nesse sentido, vale estabelecer uma presença on-line sólida, criando um site atraente, uma loja on-line e aproveitando as redes sociais. Considerar também a integração com aplicativos de entrega rápida para facilitar a compra e o acesso aos produtos. Ferramentas como Canva e Inteligências Artificiais (IAs) Generativas otimizam muito o tempo de criação de publicações para redes sociais.

8. Oferecer serviços de saúde adicionais: nesta área, a dica é expandir os serviços oferecidos além da venda de produtos, considerando a oferta de serviços de aconselhamento farmacêutico, vacinas, medição de pressão arterial e testes de saúde. Isso aumentará o valor percebido da farmácia e atrairá mais clientes.

9. Automatizar processos: a farmácia pode implementar sistemas de automação para gerenciar o estoque de forma eficiente e melhorar os processos de atendimento ao cliente. Neste caso, vale considerar a incorporação de tecnologias inovadoras, como quiosques interativos e assistentes virtuais, para melhorar a experiência do cliente na loja ou/e canais digitais.

10. Capacitar o atendimento: treinar a equipe para fornecer um atendimento personalizado é um passo essencial. Deve-se ouvir suas necessidades, oferecer recomendações adequadas e garantir que eles se sintam valorizados e bem atendidos.

 

Foto: Reprodução
Fonte: Guia da Farmácia