Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Lyndavel Uno é o novo contraceptivo hormonal injetável do Brasil

Lyndavel Uno

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Com baixas dosagens hormonais, o produto da DKT South America está previsto para ser comercializado em 18 de outubro.

 

A DKT South America, empresa de planejamento familiar e detentora das marcas Prudence, Sutra, Andalan e AMIU, vai comercializar, a partir do dia 18 de outubro, seu primeiro contraceptivo hormonal injetável no Brasil, o Lyndavel Uno. O produto custará, em média, R$ 34,90 e é recomendado para mulheres que possuem o dia a dia acelerado e que tem uma grande propensão de esquecimento do método, como é o caso do contraceptivo oral.

 

Leia também: Anvisa publica novas medidas para proibir produtos cosméticos utilizados de forma injetável

 

Esse é mais um dos métodos contraceptivos da DKT South America no mercado brasileiro. A empresa foi pioneira ao trazer preservativos coloridos e aromatizados para o país e hoje possui a maior linha de camisinhas do mercado, com a marca Prudence, além dos DIUs Andalan (anticonceptivos intrauterinos) e o Aspirador Manual Intra Uterino (AMIU).

 

Para Luciana Persoli, diretora de marketing da DKT, o novo método representa acessibilidade: “Além de ser uma grande conquista para a nossa empresa e uma expansão no nosso portfólio, por ser o 1º contraceptivo hormonal da DKT no Brasil, mulheres terão mais acessibilidade a novos métodos e será uma nova opção de prescrição para os médicos ginecologistas”, afirma.

 

Segundo dados da empresa, no Brasil, 25% das mulheres utilizam métodos hormonais, sendo 4% o método injetável. Muitas delas temem pelo risco de trombose na utilização dos medicamentos contraceptivos hormonais. Contudo, pelas baixas dosagens de hormônios do novo produto, consequentemente, há um baixo risco da doença, além de evitar a irregularidade menstrual e ter um melhor controle dos efeitos secundários.

 

O Lyndavel Uno deverá ser aplicado entre o 1º e o 5º dia do ciclo menstrual e reaplicado a cada 30 dias, respeitando a margem de 3 dias, para menos ou para mais. Caso haja esquecimento, ou adiantamento da nova dose, os 30 dias começam a contar a partir da nova data.

 

Lyndavel Uno
Lyndavel Uno

 

No caso de não reaplicar dentro das margens de segurança, o método deve ser pausado, aguardar o novo ciclo menstrual e recomeçar o processo. É importante, caso haja o esquecimento, o uso de outro método contraceptivo de barreira, como o preservativo. O método pode ser interrompido a qualquer momento e a mulher estará pronta para engravidar.

 

“Nosso objetivo é oferecer novos métodos, ter cada vez mais casais protegidos durante o ano e com isso aumentar nossos dados de mensuração (CYPs). Além de ser um método muito prático na utilização, é recomendado para adolescentes e até mesmo mulheres maduras que queiram um método de baixa dosagem hormonal e com a praticidade de uso mensal”, finaliza Flávia Gonzalez, gerente de marketing da DKT South America.

 

O Lyndavel Uno tem a necessidade da prescrição médica. Consulte um ginecologista e saiba mais sobre esse método.

 

 

Foto: Reprodução
Fonte: Guia da Farmácia
Lyndavel Uno