Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Acessar

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Como funciona o canabidiol para tratamento da ansiedade?

Canabidiol para tratamento da ansiedade

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

O canabidiol para tratamento da ansiedade vem despertando crescente interesse de pesquisadores.

 

Um estudo feito pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto sugere que o produto tem vantagens importantes, comparados aos fármacos atualmente disponíveis para tratar esse distúrbio. Entre as principais evidências científicas do uso benéfico da substância é que ela não causa efeitos psicoativos associados ao THC, outro composto da planta cannabis.

 

ansiedade é uma condição mental comum, mas que pode afetar negativamente a qualidade de vida de muita gente. Estresse crônico e pressões sociais são alguns dos fatores que podem desencadeá-la. Ela se manifesta através da sensação de apreensão, tensão ou desconforto. Muitas vezes vem acompanhada de sintomas físicos como taquicardia, insônia, sudorese, tremores e falta de ar.

 

Leia também: Grupo técnico emite informe técnico com orientações para o gerenciamento de resíduos da sala de vacinação

 

A eficácia do canabidiol como alternativa ao tratamento da ansiedade deve-se ao impacto positivo na produção de serotonina, hormônio produzido pelo cérebro associado ao bom humor e ao relaxamento. Chamado de hormônio da felicidade, a serotonina é um neurotransmissor com influência direta em nosso moral, apetite e libido, ou seja, contribui para nosso bem-estar geral.

 

Canabidiol para tratamento da ansiedade: cuidado extremo na dosagem

O uso do canabidiol para tratamento da ansiedade requer especial atenção na dosagem certa, que varia conforme a condição clínica a ser tratada, a sensibilidade individual ao CBD e a forma de administração do produto. Nesse aspecto, a anamnese dos farmacêuticos pode ser fundamental para garantir o devido encaminhamento ao médico.

 

A substância é vendida em diferentes concentrações e formas – óleos, cápsulas, comestíveis, cremes e loções. Cada produto tem sua própria dosagem, recomendada pelo fabricante.

 

Um outro estudo de pesquisadores americanos da Universidade de Yale identificou a dose que teve melhores resultados em pacientes com ansiedade que utilizaram o CBD: entre 300 mg e 400 mg por dia. No geral, os produtos administrados eram ricos em canabidiol e com teor de THC inferior a 2%.

 

Orientação de especialista em cannabis medicinal

Para determinar a dosagem mais adequada, é imprescindível a orientação de um profissional de saúde qualificado, especialista em cannabis medicinal.  Na consulta serão levados em conta o histórico médico do paciente, suas atuais condições de saúde, a gravidade dos sintomas e outros medicamentos de que esteja fazendo uso.

 

O CBD pode ser eficaz para certos tipos de ansiedade, mas nem todos os casos responderão igualmente ao tratamento com esse composto. Até aqui, o CBD demonstrou resultados promissores no tratamento da ansiedade generalizada, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e fobias especificas.

 

Canabidiol para tratamento da ansiedade
Canabidiol para tratamento da ansiedade

 

Os estudos do CBD para ansiedade estão em evolução e são necessárias mais pesquisas para entender completamente seus efeitos em diversas formas de ansiedade. O que se garante é que o CBD não causa efeitos colaterais graves e seu o consumo prolongado não provoca dependência.

 

A cannabis medicinal se tornou legal no Brasil em 2015, quando a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) Nº 17/2015, do Ministério da Saúde, estabeleceu normas para a importação de medicamentos à base de canabidiol em caráter excepcional. Mais recentemente, em dezembro de 2019, a RDC Nº 327/2019 fixou os requisitos para a venda de produtos de Cannabis para fins medicinais no país. Desde então, farmácias e drogarias brasileiras podem comercializar derivados das plantas do gênero cannabis autorizados pela Anvisa.

 

 

Foto: Reprodução
Fonte: Panorama Farmacêutico