Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.
Sincofarma SP

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Fábrica da Galderma recebe investimento de R$ 33 milhões

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

A expansão da fábrica da Galderma em Hortolândia (SP) conta com um investimento de US$ 6,5 milhões (R$ 33 milhões), que permitirá um aumento de até três vezes em sua capacidade produtiva . A companhia, especializada em produtos para cuidados com a pele, adquiriu o prédio atual, que antes operava por meio de leasing, além de um terreno adjacente de 48 mil m².

 

 

A planta brasileira da indústria, presente também no Canadá, Suécia e França, é responsável pela produção de dermocosmésticos como Cetaphil e Dermotivin. Os produtos fabricados em Hortolândia são exportados para 39 países da América Latina, Europa, Ásia e Oceania, além dos Estados Unidos.

Reforma na fábrica da Galderma reforça importância do Brasil para a farmacêutica

De acordo com Lígia Santos, gerente geral da Galderma no Brasil, o país está entre os três principais mercados da empresa no mundo, com uma forte trajetória de crescimento no último ano. “Estamos orgulhosos de continuar investindo na produção local de produtos como a linha Cetaphil Oil Control, que se adapta perfeitamente à pele brasileira”, afirma.

 

 

Ela acrescenta que, com a ampliação, a companhia conseguirá desenvolver a economia da região e internalizar alguns processos de produção, aprimorando a velocidade e flexibilidade de abastecimento. “O objetivo é progredir no mercado brasileiro, apoiando seu crescimento e dedicando nosso foco e paixão em prol do propósito de avançar a dermatologia para cada história de pele”, finaliza a executiva.

 

Fonte: Panorama Farmacêutico
Foto: Freepik

IA da Panvel facilita atendimento nas farmácias

Criada recentemente, a IA da Panvel começou a ser utilizada em cinco farmácias da rede em abril e já está presente em 400 lojas. O Serviço de Orientação Farmacêutica com Inteligência Artificial foi batizado como Sofia, e desenvolvido a partir dos modelos generativos ChatGPT, da OpenAI e Claude, da Anthropic.