Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.
Sincofarma SP

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Drogaria São Paulo reforça a importância da imunização contra a Dengue com vacina

Dengue - teste e aplicação da vacina

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Capacitação de farmacêuticos em vacinação: Turmas abertas a partir de janeiro, próximos dias 26 e 27, com certificado do ICTQ.

 

A Drogaria São Paulo reforça a importância da imunização contra a dengue e disponibiliza mais de 100 lojas no estado de São Paulo para realização de teste e aplicação da vacina contra a doença. O agendamento é feito pelo site da drogaria.

 

Leia também: Prescrições de Zepbound têm recorde e ameaçam abastecimento

 

Em 2023 foram registrados mais de 13 mil casos de dengue em São Paulo, aumento de 14,3% em relação à 2022, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde. O município contabiliza 10 óbitos por dengue e ainda investiga se outros cinco foram causados pela doença.

 

Os sintomas da doença incluem dor de cabeça intensa, febre acima de 38 graus e dores musculares. Em alguns casos, pode haver coceira e manchas vermelhas no corpo. Os casos podem ser leves ou graves, podendo levar à morte. O transmissor (vetor) da dengue é o mosquito Aedes aegypti e a infecção também pode ser assintomática.

 

Dengue - teste e aplicação da vacina
Dengue – teste e aplicação da vacina

 

Para ajudar no combate à dengue, a Drogaria São Paulo oferece serviços farmacêuticos voltados à doença nas cidades cariocas. Uma das opções disponíveis ao público é a vacina QDENGA, que tem eficácia de mais de 80% contra os 4 sorotipos do vírus entre 30 dias e 12 meses, após a aplicação da 2ª dose do imunizante. É aplicada em adultos, adolescentes e crianças dos 4 aos 60 anos de idade com infecção prévia por dengue confirmada. A imunização é composta por duas doses, com intervalo de 3 meses.

 

O agendamento é feito pelo site da Drogaria São Paulo e o serviço pode ser encontrado em nas cidades: São Paulo, Sorocaba, Guarulhos, Piracicaba, Campinas, São Jose dos Campos, Ribeirão Preto, Bauru, Praia Grande, Jundiai, Rio Claro, Atibaia, Ourinhos, Santo Andre, Ilhabela, Itu e algumas outras cidades.

 

 

Programa de Formação e Habilitação de Vacinação para Farmacêuticos, visa capacitar profissionais da área para atuarem como vacinadores. Atende todas as exigências do CFF e Mec.

 

Este curso tem a chancela do ICTQ, para desenvolver habilidades técnicas, que proporcionem ao farmacêutico a planejar, implantar e executar os procedimentos de aplicação de vacinas em farmácias, conforme a Resolução n.º 654/2018 do CFF.

 

A Instituição está credenciada no MEC por meio da Portaria n.º 281 de 28/03/2018.

 

O cadastro e a situação do credenciamento poderão ser verificados no site do e-MEC.

O ICTQ também está credenciado pelo CFF, através do Parecer e do Acórdão n.º 35.882, de 27 de abril de 2018 (publicado no Diário Oficial da União em 16 de maio de 2018).

 

O curso de Vacinação cumpre todos os requisitos exigidos pelo CFF com 40 horas de atividades, divididas em 20 horas na modalidade presencial (2 dias) e 20 horas a distância (EaD), reunindo as principais informações para possibilitar o desenvolvimento de competências necessárias à prestação de serviços de vacinação. Após o recebimento do certificado, o profissional deverá entregar ao Conselhor Reginal Farmacêutico para a devida Habilitação da Capacitação.

 

 
 
Foto: Reprodução
Fonte: Guia da Farmácia