Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Medicamentos genéricos geram economia de R$ 281 bilhões para brasileiros em 20 anos

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

No Brasil, o genérico custa no mínimo 35% a menos que os medicamentos de marca

O mercado de medicamentos genéricos no Brasil registra constante expansão ao mesmo tempo em que leva os pacientes a economizar na hora de fazer os tratamentos. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos e Biossimilares (PróGenéricos), esses produtos têm se destacado como uma opção mais acessível em comparação aos medicamentos de marca e custam no mínimo 35% a menos do que os pioneiros, podendo chegar a descontos de até 67%.

Ao todo, essa opção de compra gerou uma economia de R$ 281 bilhões para brasileiros nas últimas duas décadas e têm desempenhado um papel crucial na redução dos gastos do governo brasileiro com saúde pública e programas de assistência médica, permitindo a alocação de recursos para outras áreas prioritárias. Por isso, o segmento de genéricos no Brasil tem sido fundamental para promover uma maior acessibilidade aos tratamentos medicamentosos.

 

 

No topo da lista de medicamentos genéricos mais vendidos em 2023 está o medicamento mais popular utilizado para controlar a pressão arterial. Veja a lista:  

Losartana – Hipertensão; 
Dipirona Sódica – Analgésicos;  
Hidroclorotiazida – Hipertensão;  
Nimesulida – Anti-inflamatório;  
Enalapril – Hipertensão; 
Sildenafila – Disfunção Erétil; 
Atenolol – Hipertensão; 
Simeticona – Antigases;  
Tadalafila – Disfunção Erétil; 
Sinvastatina – Antilipemico (Colesterol);

 

Leia também: Bodas de prata dos genéricos: Os 25 anos dos medicamentos que multiplicaram o acesso dos brasileiros à saúde

 

A mensuração deste tipo de economia geralmente é realizada por meio de indicadores econômicos, como o Produto Interno Bruto (PIB), Índice de Preços ao Consumidor (IPC), taxa de inflação, balança comercial, entre outros. Esses indicadores fornecem informações valiosas sobre o desempenho econômico de um país, região ou setor específico.

 

Sobre a PróGenéricos

Fundada em janeiro de 2001, a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos e Biossimilares (PróGenéricos) congrega os principais laboratórios que atuam na fabricação e na comercialização desses produtos no país. Sem fins econômicos, a organização tem como missão contribuir para a melhoria das condições de acesso a medicamentos no Brasil, através da consolidação e da ampliação do mercado de genéricos e de biossimilares. 
Juntas, as associadas da PróGenéricos concentram aproximadamente 90% das vendas do segmento de genéricos no Brasil. Articulando-se com diversos setores da sociedade e com instituições públicas e privadas, a PróGenéricos canaliza as ações de suas associadas, promovendo e corroborando o debate público em torno de questões relevantes para o setor da saúde e para o desenvolvimento da indústria farmacêutica no país.

 
Fonte: CFF
Foto: Reprodução