Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Falsificação de toxina botulínica – Anvisa alerta sobre novos casos

Falsificação de toxina botulínica

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Falsificação de toxina botulínica – A Anvisa alerta os profissionais de saúde e a população para o fato de que foram identificados novos casos de adulteração/falsificação do medicamento Botox® 100U (toxina botulínica A), lote C6835C3.

 

Detalhes do caso

A área de portos, aeroportos e fronteiras da Agência interceptou remessas internacionais do produto Botox® 100U (toxina botulínica A), lote C6835C3, que apresentaram falsa descrição de conteúdo e que continham frascos em embalagens no idioma turco, com prazos de validade 10/2024 (frasco) e 12/2024 (embalagem secundária).

 

A empresa detentora do registro do medicamento Botox, Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda., confirmou à Anvisa que o lote original C6835C3 tem o prazo de validade de 12/2023 e foi comercializado somente na Turquia, não tendo sido importado ao Brasil pelos meios oficiais.

 

Leia também: O uso da Cannabis medicinal no cenário do País

 

Dessa forma, foi determinada a apreensão e a proibição de comercialização, distribuição e uso do lote C6835C3 do medicamento Botox® 100U (toxinabotulínica A), por meio da Resolução-RE 796, de 9 de março de 2023.

 

Caso profissionais de saúde e pacientes identifiquem os produtos falsificados, a orientação é não fazer uso do medicamento e notificar imediatamente a Anvisa, por meio dos seus canais de atendimento.

 

Veja abaixo fotos do produto adulterado/falsificado em embalagem com idioma turco:

                                          Falsificação de toxina botulínica

 

 

Foto: Stock

Fonte: Anvisa