Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Como o farmacêutico pode ajudar orientando sobre o autoexame de câncer de mama

Câncer de mama

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Entenda melhor como o farmacêutico pode auxiliar pacientes sobre o autoexame de câncer de mama.

 

Não é apenas no mês de outubro que o câncer de mama deve entrar em discussão. Afinal, para muitas mulheres e também alguns homens, este inimigo não tem data marcada para aparecer. Nesse sentido, o papel dos profissionais de farmácia torna-se crucial o ano todo, mas especialmente quando o Outubro Rosa chega para intensificar os diálogos sobre prevenção e detecção precoce.

 

As projeções do Instituto Nacional de Câncer (INCA) são alarmantes: cerca de 74 mil novos casos de câncer de mama devem surgir anualmente entre 2023 e 2025. Isso significa que, desconsiderando o câncer de pele não melanoma, o câncer de mama é o tipo mais incidente entre mulheres no Brasil. Além disso, vale lembrar que cerca de 1% desses casos afeta homens.

 

Aproximadamente 10% dos casos têm um componente hereditário, de acordo com o geneticista e CEO do meuDNA, Dr. David Schlesinger. “Além disso, fatores como obesidade, além do consumo de álcool e cigarro, estão frequentemente associados ao risco”, alerta a ginecologista do Hospital Sírio-Libanês, Dra. Helga Marquesini.

 

Leia também: 70% das pessoas que compram emagrecedores não verificam se produto tem registro na Anvisa

 

“Mulheres com idade avançada, primeira menstruação precoce, menopausa tardia, reposição hormonal e exposição à radiação ionizante também estão no grupo de risco”, completa o oncologista clínico no Hospital São Marcelino Champagnat e Instituto de Oncologia do Paraná (IOP), Dr. Luís Felipe Matiusso de Souza.

 

Câncer de mama
Câncer de mama

 

Agora, veja as dicas da coordenadora do Setor de Tomografia Computadorizada e Intervenção Percutânea do A.C. Camargo Cancer Center e membro da Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Vascular (Sobrice), Dra. Paula Nicole Vieira Pinto Barbosa, sobre como o farmacêutico pode ajudar orientando sobre o autoexame de câncer de mama:

 

Orientações para profissionais da farmácia

Farmacêuticos e profissionais de saúde podem ser a primeira linha de conscientização, fornecendo orientações cruciais sobre o autoexame de mama e outros procedimentos. Aqui vão algumas diretrizes:

 

1. Ensine o paciente a observar as mamas, buscando por alterações visuais.
2. Recomende levantar os braços durante o autoexame para notar possíveis mudanças.
3. Oriente sobre o uso de movimentos circulares com os dedos para examinar cada mama.
4. A umidade do banho pode facilitar o exame; sugira que seja repetido nessa condição.
5. Ao notar algo fora do comum, a consulta médica deve ser imediata.

 

 

Foto: Freepik
Fonte: Guia da Farmácia
Câncer de mama