Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.
Sincofarma SP

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

HIV: medicamento único chega ao SUS no final do ano e deve facilitar a aderência ao tratamento

Dovato

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

A ANVISA autorizou o registro de Dovato, um medicamento de regime completo composto por duas medicações (Dolutegravir 50 mg e Lamivudina 300 mg) em dose única diária.

 

Um comprimido por dia ao invés de dois. Pessoas que vivem com o vírus HIV (imunodeficiência humana) têm, agora, um medicamento único, que promete facilitar a vida dos usuários. O tratamento combina dois antirretrovirais, sendo ambos fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) – a Lamivudina e o Dolutegravir. 

 

Leia também: Farmacêutica desenvolve vacina contra HIV

 

Aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a previsão é de que Dovato chegue ao Brasil no fim deste ano; no momento, está em fase final de licitação e distribuição. 

 

Com o uso da associação medicamentosa, é possível minimizar a não-aderência, já que reduz o uso de múltiplos medicamentos em várias doses diárias. Além de simplificar o esquema terapêutico, o medicamento favorece o cuidado contínuo ao longo de toda a vida e mantém a carga viral controlada.

 

Dovato
Dovato

 

Atualmente, uma equipe formada por especialistas na área, ligada ao Ministério da Saúde, e dividida em comitês, propôs a introdução dessa medicação única, pensando em vários benefícios: na melhoria da adesão dos pacientes, na redução de pacientes que abandonam o tratamento e no controle de doenças oportunistas, entre as quais a tuberculose. 

 

Gustavo Pires, conselheiro federal de Farmácia pelo Paraná e secretário-geral do Conselho Federal de Farmácia (CFF), ressalta que “à medida que avançamos nesta era de inovação, é imperativo que estejamos alinhados com as melhores práticas e atualizações tecnológicas para atender às necessidades em constante evolução da nossa comunidade. O CFF está comprometido em apoiar a capacitação dos farmacêuticos nesse sentido e em garantir que as novas tecnologias sejam utilizadas para melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas pelo HIV”, ressaltou o diretor.

 

 

Foto: Reprodução
Fonte: CFF
IA da Panvel facilita atendimento nas farmácias

Criada recentemente, a IA da Panvel começou a ser utilizada em cinco farmácias da rede em abril e já está presente em 400 lojas. O Serviço de Orientação Farmacêutica com Inteligência Artificial foi batizado como Sofia, e desenvolvido a partir dos modelos generativos ChatGPT, da OpenAI e Claude, da Anthropic.