Sincofarma SP

Pesquisar
Close this search box.

Associado

Menu

 
 

ASSOCIE-SE:

Vacina e uso de máscara para grupo de risco são as recomendações do MS contra Covid-19

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Participe do curso de Vacinação, e se habilite para realizar esse serviço! Próxima turma nos dias 29 e 30/09, não perca!

 

Além disso, o Ministério da Saúde informa que está disponível em toda a rede do SUS, gratuitamente, o antiviral nirmatrelvir/ritonavir.

O Ministério da Saúde recomenda a vacinação como principal medida de combate à Covid-19, com atualização das doses de reforço para prevenção da doença. Desde que a OMS retirou o estado de emergência, em maio deste ano, ainda se mantém a recomendação para que os grupos de maior risco de agravamento pela doença continuem a seguir as medidas de prevenção e controle não farmacológicas, incluindo o uso de máscaras em locais fechados, mal ventilados ou aglomerações, além do isolamento de pacientes infectados com o vírus SARS-CoV-2. A recomendação também vale para pessoas com sintomas gripais. 

 

Leia também: Vacina contra a Covid puxa faturamento das farmacêuticas

 

Além disso, o Ministério da Saúde informa que está disponível em toda a rede do SUS, gratuitamente, o antiviral nirmatrelvir/ritonavir para ser utilizado no tratamento da infecção pelo vírus logo que os sintomas aparecerem e houver confirmação de teste positivo.

O Ministério da Saúde anunciou a confirmação do primeiro caso da variante EG.5 (popularmente conhecida como Éris) da Covid-19 no Brasil. A paciente infectada é uma mulher de 71 anos, moradora da cidade de São Paulo. Seus sintomas tiveram início em 30 de julho, e ela recebeu tratamento em uma unidade hospitalar privada, sendo liberada no dia seguinte. Ela também estava com o esquema vacinal completo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento, a subvariante EG.5 não demonstrou maior gravidade ou riscos significativos em comparação com outras variantes. Apesar de poder escapar do sistema imunológico mais facilmente, como mostraram alguns testes, isso não implica em doenças mais severas, e o aumento de hospitalizações no Reino Unido não resultou em casos graves em UTIs.

🚨 Confira o calendário semanal de vacinação contra a covid-19 na sua cidade. Para se vacinar, é necessário apresentar documento de identificação e cartão de vacina.

 



VACINAÇÃO – Programa de Formação e Habilitação de Vacinação para Farmacêuticos

Dias 29 e 30/08 – Sexta e Sábado

Este curso tem a chancela do ICTQ, para desenvolver habilidades técnicas, que proporcionem ao farmacêutico a planejar, implantar e executar os procedimentos de aplicação de vacinas em farmácias, conforme a Resolução n.º 654/2018 do CFF.

O curso de Vacinação cumpre todos os requisitos exigidos pelo CFF com 40 horas de atividades, divididas em 20 horas na modalidade presencial (2 dias) e 20 horas a distância (EaD), reunindo as principais informações para possibilitar o desenvolvimento de competências necessárias à prestação de serviços de vacinação.

Investimento

  • Associado: R$ 275,00
  • Não Associado: R$ 550,00
  • Boleto ou cartão em até 3x sem juros.

 

Incluso no valor do curso:

Apostila, Materiais da parte prática, Café de Boas-vindas e Coffee Break, Certificado com chancela ICTQ .

 

PROGRAMA

  • 08:30 – Credenciamento e Coffee Break boas vindas
  • 08:30 – Início do Curso
  • 10:00 – Coffe Break
  • 12:00 – Almoço (Não incluso no curso)
  • 13:00 – Retorno para o curso
  • 17:00 – Encerramento
 
 

 

Fonte: CFF
Foto: Sincofarma